Água da Namaacha Oferece Centro de Saúde na comunidade de Germantine

A Sociedade Águas de Moçambique (SAM), proprietária da marca Água da Namaacha, construiu um Centro de Saúde na comunidade de Germantine, município da Namaacha, localidade onde se encontra a sua fábrica.

O Centro de Saúde, composto por vários gabinetes de atendimento, depósito farmacêutico, sanitários e sala de espera, para além de uma ampla varanda, inserido numa área murada e devidamente cuidada, era um sonho antigo dos residentes de Germantine, município da Namaacha, que agora o veem concretizado.

A entrega formal do Centro de Saúde foi feita por Manuel Elias Munguambe, Presidente do Conselho Municipal da Vila da Namaacha, que considerou esta obra uma referência para o município e um exemplo de compromisso para com o desenvolvimento local por parte da Água da Namaacha.

O Presidente Munguambe fazendo um breve histórico das obras sociais da Água da Namaacha no seu município, elogiou a empresa também ao nível da preocupação com a formação e valorização dos seus recursos humanos e das condições de trabalho que oferece aos seus funcionários.

Em representação da comunidade, a Senhora Carlota Singo, dando sinais visíveis de profunda alegria, saudou a Água da Namaacha que considera a grande embaixadora da vila no país e no mundo e esta obra que entende ser de uma dimensão única ao nível dos agentes privados.

O Director do Centro de Saúde, Dr. Fridon Gilberto Zava, considera a obra fundamental para a elevação dos níveis de bem-estar da comunidade, que agora já não precisa de se deslocar à vila sede para cuidados primários de saúde, referindo que este exemplo deveria proliferar em Moçambique, aproximando a saúde das comunidades, com grande benefícios para o país, no seu todo.

Em representação da SAM, Zacarias Neves, Director de Produção e natural da Namaacha, começou por agradecer à comunidade o seu empenho para que este objectivo comum fosse alcançado e ao município, na pessoa do Presidente Manuel Elias Munguambe, pela sensibilidade demonstrada na busca continuada de melhores condições de vida para os munícipes.

Referindo-se aos profissionais de saúde presentes, Zacarias Neves classificou-os como heróis que todos os dias se batem, com toda a abnegação, para que as moçambicanas e os moçambicanos tenham condições de saúde dignas, que permitam, enquanto pessoas saudáveis, darem o seu melhor contributo para o desenvolvimento do país.

Para Neves esta obra é mais um reforço do compromisso da Água da Namaacha com aquilo que é mais valioso para os cidadãos e para Moçambique.

Saúde, educação, desporto, cultura, são os pilares da nossa estratégia de responsabilidade social, estando certos que são absolutamente essenciais para que os desígnios nacionais sejam alcançados, concluiu Zacarias Neves.

Água da Namaacha Inaugura Árvores Alusivas à Festa da Família no Hospital Central de Maputo

A Sociedade de Águas de Moçambique (SAM), proprietária das marcas Água da Namaacha e Fonte Fresca, inaugurou duas Árvores iluminadas, feitas com garrafas de plástico recuperadas, alusivas à quadra festiva, no Hospital Central de Maputo.

Esta acção, com carácter ambientalista, tem por objectivo agradecer aos profissionais de saúde pelo seu empenho e abnegação em prol de todos nós e alegrar um espaço emblemático da cidade de Maputo, como é o Hospital Central.

Árvore de Natal feita com Garrafas da Água da Namaacha no HCM.

O auge da cerimónia ocorreu quando o Director do HCM, Dr. Mouzinho Saíde, ligou a iluminação das Árvores, num momento marcado pela admiração e alegria geral.

A montagem e manutenção das árvores é da responsabilidade da empresa Reciclagem e Serviços, cujo director, Rui Andrade e Silva, presente na cerimónia, explicou alguns detalhes do projecto e deixou os seus agradecimentos à Água da Namaacha e ao HCM pela intensidade do momento vivido e pelo contributo para que a cidade de Maputo viva um ambiente de paz e concórdia nesta quadra festiva.

Miguel Padrão, director de marketing da Sociedade de Águas de Moçambique (SAM) referiu que este é o primeiro contributo da sua empresa este ano, outros mais acontecerão, para que a quadra festiva seja uma fase em que as pessoas vivam em paz, com amor e em concórdia, e que esse espírito perdure pelo resto do ano.

Dr. Mouzinho Saíde a acender a Árvore de Natal.

Miguel Padrão fez ainda questão de, em nome da SAM, deixar um profundo agradecimento aos profissionais de saúde pelo esforço, determinação e entrega demonstrados num ano tão complicado como tem sido este que está prestes a terminar.

O Director do HCM, Dr. Mouzinho Saíde, mostrou-se muito satisfeito com mais este apoio da SAM, que se tem apresentado como uma parceira activa e constante do Hospital e realçou a importância da colocação destas árvores com carácter motivacional para os profissionais de saúde e que proporcionarão alegria e paz aos utentes da maior unidade hospitalar do país.

Água da Namaacha e ANAC Comprometem-se na Conservação da Vida Selvagem

A Sociedade de Águas de Moçambique (SAM), proprietária das marcas Água da Namaacha e Fonte Fresca, assinou um memorando de entendimento com a Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) com o objectivo de levarem a cabo projectos comuns na área da preservação da vida selvagem em Moçambique.

Vídeo da assinatura do Memorando © TV Sucesso 2020

Durante a cerimónia foi salientada a importância da preservação e valorização do património natural nacional como forma de transmitir uma herança de valor incalculável às gerações vindouras, preservar o ambiente e até gerar recursos financeiros para Moçambique.

Na ocasião, o Director Geral da ANAC, Mateus Mutemba, agradecendo à Água da Namaacha o interesse já demonstrado em relação às questões relacionadas com a preservação da biodiversidade, referiu-se à importância desta parceria que coloca a SAM como determinante veículo de divulgação das mensagens elaboradas pela ANAC que, desta forma, poderão atingir os mais diversos públicos elevando a noção geral da extrema importância que esta temática apresenta.

Mateus Mutemba, traçando um breve historial do trabalho da ANAC, referiu-se também aos enormes desafios futuros e à necessidade de engajamento do sector privado, a exemplo do que a Água da Namaacha está a fazer, para em conjunto alcançar os resultados projectados e elevar a percepção e sensibilidade dos cidadãos em relação à preservação da vida selvagem.

Em representação da Água da Namaacha, Miguel Padrão afirmou ser compromisso firme da sua instituição a causa da preservação de uma das maiores heranças que África oferece ao mundo, que é a sua excepcional biodiversidade.

Assinatura do Memorando de Entendimento

O Director de Marketing da SAM referiu que esta parceria colocará a Água da Namaacha como uma plataforma fundamental de divulgação das causas que norteiam a ANAC e que se devem tornar autênticos desígnios nacionais, para que sejam formadas novas gerações de moçambicanas e moçambicanos cada vez mais conscientes e empenhados na vital importância que a preservação da biodiversidade tem para o país, para o continente e para o mundo. Miguel Padrão fez também questão de frisar o excelente trabalho que a ANAC, e as restantes instituições do sector, estão a realizar, dando como exemplo os resultados obtidos na Reserva do Niassa, no que concerne à luta contra a caça furtiva de elefantes, classificando o poaching como “um crime contra a humanidade”.